Cuidado Integral

TURMA XXI

A transdisciplinaridade na prática do cotidano profissional e pessoal para o aperfeiçoamento do projeto humano Conteúdo ProgramáticoContato

Formação

Visa habilitar os aprendizes a um novo jeito de SER e estar no mundo, partindo da proposta teórico-vivencial de uma Ecologia Pessoal, Social e Ambiental, sustentada no paradigma holístico, por meio de um modelo de educação para a inteireza e cultura de paz.

Holística

Do grego holos, que significa todo, inteiro. É um modelo que leva em conta a dinâmica do todo-e-as-partes, reconstituindo o fundamental diálogo da ciência com a filosofia, com a arte e com as tradições de sabedoria.

 

de Base

Visa propiciar um fundamento válido para o público em geral, independente das áreas de especializações e do nível de conhecimento pessoal. É uma base a partir da qual cada Aprendiz poderá direcionar-se nas diversas áreas do saber-e-fazer humano.

Informações

Início: 26, 27 e 28 de agosto de 2016, com o Seminário “A Arte de Viver em Paz”.

Duração do curso: 24 meses, com encontros um fim de semana por mês e férias em janeiro.

Horário: Os encontros são de imersão, iniciando na sexta-feira às 19h30 e terminando no domingo às 12h30.

Refeições e hospedagem: na Unipaz DF – Granja do Ipê (Park Way)

Investimento:
– Matrícula de R$ 100 (30% de abono até 31 de julho)
– 24 mensalidades fixas de R$ 485 

Apresentação

A Formação Holística de Base se propõe a cultivar um terreno fértil, no qual o Aprendiz possa assimilar os conhecimentos integradamente e incorporar a nova consciência holística. Contribui para a preparação de emergentes líderes holocentrados, capacitados para o enfrentamento dos novos e tremendos desafios neste surpreendente terceiro milênio.
A Formação Holística de Base vem se mostrando, ao longo de 30 anos, como um poderoso método de transformação, no sentido de despertar uma nova consciência para o terceiro milênio e mais além. Para cada um das centenas de Aprendizes que por ela já passaram, há o ser humano antes e depois da Formação, que atingiu maior compreensão de si mesmo, dos outros e, sobretudo do significado desta nossa existência.
O Aprendiz emerge com maior tolerância, paciência e amor e, no dizer de nosso reitor Roberto Crema, é removido dos “trilhos” para encontrar suas próprias “trilhas”, que o levarão a tornar-se quem realmente é.

A Formação Holística de Base

“A Formação Holística de Base é um espaço fecundo para o despertar de uma consciência plena e de uma inteligência integral, virtudes fundamentais para o enfrentamento dos imensos desafios globais do nosso momento histórico, que nos convoca ao exercício de uma visão integral para uma ação local e de uma aliança entre o conhecimento e o amor, entre o Saber e o Ser. Uma escola de liderança para o Século XXI.”

 

 

Reitor da Universidade Internacional da Paz e Facilitador da FHB – Roberto Crema

  • Para os que buscam descobrir nova forma de ser e de estar no mundo.
  • Para os interessados na abordagem transdisciplinar holística como instrumento de aperfeiçoamento das dimensões pessoal e profissional.
  • Para os que se sentem convocados para a construção de uma cultura de paz.
  • Para os que sonham patrocinar um novo projeto humano no planeta, com ações coletivas, participativas e colaborativas, promovendo mudanças criativas e originais nos modelos culturais, sociais, econômicos, políticos e ambientais vigentes.
Serão dois anos de formação, com 22 encontros teórico-vivenciais, em que serão percorridos temas essenciais das ciências, artes, filosofias e tradições de sabedoria. A integração dos hemisférios lógico e criativo será promovida, por meio de um conteúdo programático que se complementa a qualquer experiência de ensino formal prévia.
Em Brasília, os encontros da Formação Holística de Base serão na sede da UNIPAZ DF, um local onde se pode experimentar intensa comunhão com a natureza.

Conteúdo Programático

Vivências e reflexões sobre a necessidade de compreensão sobre o paradigma emergente, rompendo com a exclusidade do olhar baseado no paradigma cartesiano. Objetiva sensibilizar aqueles que desejam encontrar, de modo vivencial, a paz consigo mesmo (na dimensão do corpo, das emoções e da mente); a paz com os outros (na economia, na sociedade e na cultura) e a paz com a natureza (nos planos da matéria, da vida e da informação). Constitui ainda uma introdução vivencial geral e uma aplicação da Teoria Fundamental da UNIPAZ. Esse seminário foi objeto de um livro publicado pela UNESCO em 1990, traduzido para seis línguas.
Nossa percepção da consciência corporal sofre influência do ambiente físico e energético, além de fatores genéticos. Os nossos genes são usados na construção das células, dos tecidos e dos órgãos. O meio externo (passado e presente) pode funcionar como um alavancador de nossos potenciais genéticos, mas também como um dificultador de nossas expressões mais autênticas.

Esta oficina tem como proposta criar um ambiente acolhedor para que nossos potenciais afetivos, transcendentes, vitais e criativos encontrem novas possibilidades de expressão. Nosso destino pode ser impulsionado por encontros significativos, despertando muitas vezes potenciais adormecidos, resgatando o que temos de belo e verdadeiro.
Vivências e reflexões sobre o processo meditativo como caminho da evolução da consciência humana. A prática do estar presente no cotidiano, do viver aqui e agora. Possibilita a percepção de vários estados de consciência, além do estado de vigília ao qual se está acostumado. Em cada estado de consciência, se vivencia uma realidade diferente. A simbologia da esfinge.

Palavra chave: Presença
A leitura e interpretação dos Sonhos podem orientar o desenvolvimento psicológico e espiritual do sonhador. Mais do que uma forma útil de estabelecer contato com o seu mundo particular, o universo onírico e seus significados podem ser ricas revelações da psique profunda.

"O mais belo pais foi sempre o do teu sonho."
-- Eduardo Guimarães.

"A função geral dos sonhos é tentar restabelecer a nossa balança psicológica, produzindo um material onírico que reconstitui, de maneira sutil, o equilíbrio psíquico total."
-- Jung.

Workshop sobre o tema, com a utilização de técnicas como relatos de sonhos, questionários, mandalas, meditação, trabalhos com corpo e respiração, psicografismo, constelação de sonhos.
A Cooperação como uma Paz-Ciência nos impulsiona para a realização de um mundo em que é possível ver-e- viver uns com os outros como parceiros ao invés de concorrentes, como solidários e não como adversários... criando harmonia a partir da desarmonia, promovendo o encontro diante de tantos confrontos, cultivando a Paz em momentos de conflito e celebrando a vida onde quer que ela se manifeste. Ampliar nossa consciência para abraçar a Cooperação como uma prática cotidiana, pode estimular transformações pessoais gerando benefícios para toda a Comum-Unidade Humana. Nesse sentido, o propósito deste seminário é compartilhar conhecimentos e experiências sobre a origem, conceitos, desenvolvimento e aplicação dos Jogos Cooperativos como um caminho para VenSer, simples e plenamente, quem se É.

Objetivos
- Compartilhar a teoria e a prática dos Jogos Cooperativos.
- Re-conhecer diferentes possibilidades de aplicação dos Jogos Cooperativos em diversos contextos: educacional, empresarial, comunitário, familiar e pessoal.
- Favorecer o despertar da Consciência de Comum-Unidade.
- Incentivar a prática da Cooperação no cotidiano.

Conteúdo
- Jogos Cooperativos: se o importante é competir, o fundamental é cooperar.
- A Consciência da Cooperação.
- Pedagogia da Cooperação.
- Jogos Cooperativos e Cultura de Paz.
- Cooperação: Desenvolvendo Comum-Unidade em Todos os Lugares.
- Rede da Cooperação para VenSer.

Metodologia
Esta abordagem tem como matriz pedagógica a investigação e experimentação Holística-Transdisciplinar de aspectos interiores-e- exteriores relacionados a Jogos Cooperativos, Cooperação e Consciência Grupal.
Buscamos criar um ambiente de Ensinagem Como-Um visando estabelecer e cultivar uma relação de cumplicidade e reciprocidade entre todos, para sustentar a Trans-Formação (im)possível para cada um.
O nascimento da ciência na Grécia antiga.
A lógica e o conceito de verdade segundo Aristóteles.
Os três princípios fundamentais do discurso logicamente correto: ‘identidade”, “não contradição” e “terceiro excluído”.
A defesa da objetividade e a construção da matriz do pensamento racionalista.
O empirismo de século XVII e o nascimento da ciência clássica com a consolidação do racionalismo.
O materialismo, o mecanicismo, o determinismo e o laboratorismo como pilares do pensamento científico.
O Universo como uma máquina.
O apogeu da ciência clássica no século XIX e, ao mesmo tempo, o início de sua lenta desintegração.
A revolução epistemológica do século XX .
As profundas transformações na física, na biologia e na psicologia.
O rompimento da matriz racionalista e a aceitação de outros níveis de realidade.
A dissolução do princípio de identidade, a aceitação da contradição e a necessidade de um terceiro incluído.
A aceitação da subjetividade como elemento essencial para compreensão do mundo.
O Universo como emanação de uma Consciência Una.
A interconexão entre todas as coisas.
A aceitação do Mistério como componente fundamental da realidade.
Vivências e reflexões sobre os obstáculos da vida cotidiana que impedem a espontaneidade. Este seminário representa uma grande oportunidade de revisão de vida, pois constitui um exame de como a energia é utilizada em cada ato. Através do cultivo da presença na vida cotidiana, o participante aprende a viver plenamente, escolhendo entre ser um autômato ou um ser consciente. Enfatiza a arte de viver o trabalho, o dinheiro, o lazer, as refeições, entre outras situações.

Palavra chave: Consciência
A Pintura Espontânea é um trabalho pioneiro no campo da Terapia Expressiva e da Educação Holística, introduzido no Brasil na década de 80 pela sua criadora, Dra. Susan Bello. É um processo de auto-transformação que desenvolve a personalidade criativa e alinha a pessoa com a sua essência, sua verdadeira identidade.

Não é necessário nenhuma experiência em pintura para beneficiar deste método, e artistas podem encontrar novos estilos de pintura.

Quem Pode Fazer essa Jornada Simbólica?

Todo o mundo!


_ "A priorização do Self individual alinhado com o bem-estar de todo o planeta, é o que considero ser o desafio crucial à criatividade humana, neste momento de nossa história.

Meu desejo é que seja ampliada a definição de criatividade para que um número cada vez maior de pessoas não apenas artistas, mas todos (as) nós, acreditemos em nossas capacidades como co-criadores (as) de nossas próprias vidas.

Podemos moldá-las para que correspondam aos desejos de nosso coração e aos nossos talentos únicos.

No mundo atual, o valor é medido pelo padrão ”ouro”. Precisamos mudar o paradigma para apreciar e nutrir nosso ouro interior."


- Susan Bello
Vivências e reflexões sobre a constituição de relacionamentos evolutivos, suas formas de convivência, seus ritmos e as possibilidades de manutenção destes ritmos juntos. Este seminário destina-se às relações de amizade e do casal. Procura ajudar a resolver a grande questão do descompasso evolutivo, provocado pela evolução unilateral de um dos membros do par. Mostra também como podemos aproveitar a oportunidade de uma relação a dois para transformá-la em uma relação evolutiva.

Palavra chave: Comunicação
Vivências e reflexões sobre a arte de viver harmonicamente em estruturas complexas, aprendendo a conviver, respeitar e honrar as diversidades presentes na vida. É uma oportunidade para aprofundar as questões relacionadas aos conflitos intrapessoais, interpessoais, intergrupais, sociais e internacionais, procurando oferecer metodologias próprias para transcendê-los.

Palavra chave: Uni-diversidade
Enfoca a destruição do meio ambiente pelo ser humano, resgatando o conceito de fantasia da separatividade (entre sujeito/objeto). Este processo leva-nos à natureza do sujeito, à natureza do objeto e à natureza da relação entre eles.

Palavra-chave: Natureza
Vivências e reflexões sobre a intencionalidade no processo evolutivo e a aprendizagem do viver e do morrer como estados diferenciados provisórios e impermanentes. Apoiando-se nas descobertas mais recentes da Psicologia Transpessoal e da Parapsicologia, observa-se uma demonstração insofismável de que a morte é não somente uma ilusão mas também uma grande oportunidade para a transcendência. Aprendendo a viver a morte, aprendemos a viver a vida.

Palavra chave: Impermanência
Na visão xamânica, uma rede universal de poder anima todas as coisas e as liga: minerais, vegetais, animais, a chuva, as nuvens, os rios, as montanhas etc… Na visão do xamã, nada morre: os seres atravessam continuamente um fino limiar entre nascimento e morte, de um lado para outro, como através de um véu e se transformam.
Vivências e reflexões sobre a ciência emergente e suas implicações para a reintegração do homem no Universo. A ciência contemporânea resgatando o potencial co-criador do homem e seu compromisso com a transformação planetária. As possibilidades de integração da Arte, Filosofia, Ciência e Tradições como fontes de conhecimento.

Corpo Docente

Calendário

SeminárioFacilitadorDataSituação
A Arte de Viver em PazAdriana Fittipaldi26, 27 e 28 de Agosto de 2016Confirmado
Consciência CorporalMônica Filizola16, 17, 18 de Setembro de 2016Confirmado
Consciência EcológicaRegina Fittipaldi 7, 8, 9 de Outubro de 2016Confirmado
A Arte de Viver ConscienteDalila Lubiana18, 19, 20 de Novembro de 2016Confirmado
Sonhos e MandalasCristina Carvalhedo9, 10, 11 de Dezembro de 2016Confirmado
Jogos CooperativosFabio Brotto3, 4 e 5 de Fevereiro de 2017Confirmado
Ciência e EspiritualidadeTaunay Daniel17, 18 e 19 de Março de 2017Confirmado
Cuidar do Ser - Antigos e Novos Terapeutas Roberto Crema28, 29 e 30 de Abril de 2017Confirmado
A Arte de Viver em PlenitudeLydia Rebouças19, 20 e 21 de Maio de 2017Confirmado
O corpo e as dimensões do SerCélia Burgos23, 24 e 25 de Junho de 2017Confirmado
Ecopsicologia: da Saúde Mental à Sabedoria EcológicaMarco Aurélio Bilibio21, 22 e 23 de Julho de 2017Confirmado
Pintura EspontâneaSusan Bello18, 29 e 20 de Agosto de 2017Confirmado
A Arte de Viver a Harmonia e o ConflitoJosé Luiz Carvalho e Ana15, 16 e 17 de Setembro de 2017Confirmado
A Arte de Viver a NaturezaNelma Sá20, 21 e 22 de Outubro de 2017Confirmado
Criando UniãoMauro e Lúcia10, 11 e 12 de Novembro de 2017Confirmado
Ancestralidade indígenaKaká Werá8, 9 e 10 de Dezembro de 2017Confirmado
XamanismoCláudio Caparelli 16, 17 e 18 de Fevereiro de 2018Confirmado
Terapia IniciáticaTheresa Coimbra16, 17 e 18 de Março de 2018Confirmado
TransgeracionalidadeMaria Alice Freire13, 14 e 15 de Abril de 2018Planejado
Além da Normose: Transdisciplinaridade em ação Roberto Crema e Tasso Scaff18, 19 e 20 de Maio de 2018Planejado
A Arte de Viver a PassagemAymara Penna15, 16 e 17 de Junho de 2018Confirmado
Obras-PrimasEquipe de Coordenação7 de Julho de 2018Confirmado

Contato

Nome

E-mail

Telefone

Mensagem

Localização

telefone/whatsapp
61 8118 5265 (Aymara Penna)
endereço:
SMPW Quadra 08, Conjunto 02,  Área Especial Granja do Ipê Brasília/DF CEP 71.740-802

 

Unipaz DF

Basta procurar por “Unipaz DF ” no aplicativo wase ou google maps em seu telefone celular.

 

MarcaUnipaz_branco

Universidade Internacional da Paz

International University of Peace

Universidad Internacional de la Paz

www.unipazdf.org.br

unipaz@unipazdf.org.br

 (61) 3380-2069, (61) 3380-1828 e (61) 9818-2860 (vivo)

Endereço: SMPW Quadra 08, Conjunto 02,  Área Especial Granja do Ipê Brasília/DF CEP 71.740-802

Compartilhe

Divulgue esta página a seus amigos!